A organização (ou a falta dela) está presente no nosso dia-a-dia e muitas vezes nem nos damos conta!

Você já pensou que chegar na hora em um compromisso e pagar suas contas em dia estão ligadas à organização? São duas coisas bem distintas, que envolvem diferentes tipos de organização – rotina e financeira (sem analisar muito as situações!).
Após nossa mudança para o Canadá me deparei com um tipo de organização de rotina, que impacta diretamente na organização financeira, que até então eu não me preocupava pois nossa situação era bem diferente em São Paulo.

 

Sabe qual?

Compras de supermercado!

Somos apenas duas pessoas em casa e costumávamos ir ao mercado praticamente toda a semana. Comprávamos pequenas quantidades de alimentos e meu marido fazia suas refeições de almoço em restaurantes na região do trabalho. Conclusão: eu cozinhava pouco, apesar de gostar de me aventurar na cozinha!

Chegando aqui, notamos que os hábitos são completamente diferentes, a começar pelo tamanho das embalagens dos alimentos, o que para duas pessoas é muito ruim, pois sempre sobra! Além disso, aqui as pessoas levam a famosa “marmita” para o trabalho, ou seja, passei a cozinhar mais!

Aqui em Moncton existe um mercado de atacado, existem os mercados regulares e existem os mercadinhos (assim como no Brasil). Ao meu ver, a maior diferença é que mesmo no mercado regular o tamanho da embalagem é grande, então corre o risco de vencer rapidamente ou ficarmos comendo a mesma coisa a semana inteira.

 

E por que eu estou te contando tudo isso?

 

Para que você tenha um panorama geral da situação, possa refletir sobre as dicas que falarei a seguir, consiga otimizar suas compras de supermercado e economizar um pouco, já que os gastos com mercado representam uma boa parcela do orçamento familiar!

 

Vamos às dicas?

 

1- Analise o que é válido comprar em um mercado de atacado

Para isso é importante levar em consideração os hábitos alimentares e o tamanho da sua família!

Mercados de atacado são ótimos, mas você precisa ter espaço para guardar os produtos (senão você corre o risco de ter outros problemas) e também gente para comer as grandes porções!

Você pode concluir que nem tudo compensará comprar em um mercado atacado. No nosso caso, compramos apenas os produtos que consumimos em grande quantidade e alguns não perecíveis.

Vale prestar atenção no seguinte: as vezes no atacado você encontra um tipo de produto de limpeza que você usa, com um preço bom e num pacote fechado com 3 unidades. Porém, se você for no mercado regular ou até no mercadinho, você encontrará um produto de uma marca concorrente, tão boa quanto, por um preço mais em conta e podendo comprar apenas uma unidade (que vai te atender perfeitamente por uma a dois meses e/ou que mesmo comprando três unidades, você gastará menos).

Não compre por impulso! Analise antes!

 

2- Fique de olho nas promoções

As promoções são ótimas para se economizar (ou não, se você comprar descontroladamente rsrs), mas no geral elas ajudam a economizar sim!

Alguns estabelecimentos disponibilizam o encarte de promoções no site e também existem alguns aplicativos de celular que disponibilizam essas informações. Com isso, você sabe exatamente onde é melhor comprar o que!

Se o preço estiver muito bom e for um produto que você usa bastante, pode valer a pena fazer um “estoque”, caso contrário, compre apenas para a semana / quinzena ou conforme sua periodicidade de compras.

 

3- Fique de olho nos produtos da estação

Os produtos da estação tendem a ser mais baratos, com isso você economiza e também garante uma qualidade melhor do alimento.

Numa situação como a nossa, que estamos fora do nosso País de origem, estar aberto a novos sabores é fundamental. Nem sempre os produtos são os mesmos que tínhamos, então, temos que experimentar. As vezes o gosto atende o nosso paladar, as vezes não, mas é preciso experimentar!

 

4- Faça um cardápio semanal, para as refeições da casa

Ter um cardápio semanal, era algo que eu não me preocupava (eu ia no mercado toda semana, comprava o que tinha vontade e cozinhava). Aqui tive que mudar meu hábito!

Como compramos muitas coisas em atacado e também pelo fato das embalagens serem grandes, é muito fácil perder alimentos ou comer sempre a mesma coisa!

O cardápio semanal foi a saída para a economia (e a criatividade também!).
Veja os ingredientes que você tem na despensa e quais os tipos de comida que você pode fazer com eles. Faça as combinações da semana e pronto! Desta forma, você evita ter que comprar muita coisa no mercado, já que você vai aproveitar o que já comprou!

Você inclusive ganha tempo e não tem que pensar muito sobre o “que fazer hoje”!

Um exemplo de criatividade: eu compro uma cesta de legumes todos os meses e no último mês vieram muitas batatas (muitas mesmo!). O que fazer com tanta batata? Eu fiz purê, torta, escondidinho, batata rosti… E fui mudando os recheios. Desta forma, eu aproveitei as batatas, variei o cardápio e não perdi o legume!
 

Bom, aqui estão quatro dicas simples para você economizar no mercado.
 

Estou aplicando na minha rotina e esse último mês, além de ter reduzido bastante meus gastos com supermercado, eu me alimentei melhor!

 

Que tal tentar? Depois me conta os resultados!

 

Um beijo e até o próximo post!

 

Eu costumo dizer que sou hoteleira de formação e organizadora por paixão! Além de organizar, adoro viagens, fotos e estar junto dos amigos – sou aquela que sempre fica responsável por organizar os encontros 🙂 Quero ser a sementinha da organização na sua vida! Saiba mais